Cultura Organizacional em diferentes modelos de trabalho: como construir e fortalecer

23 de abril de 2024
Três pessoas trabalhando no computador, imagem ilustra artigo sobre cultura organizacional em diferentes formatos

Seja no regime presencial, remoto ou híbrido, é essencial identificar, implementar e realizar a manutenção da cultura organizacional. Veja os porquês e como!

Em um navio, cada membro da tripulação tem uma função única. Nas empresas, cada pessoa contribui com suas habilidades e talentos. No entanto, para que o navio chegue ao seu destino, a tripulação deve trabalhar de forma alinhada. Ou seja, para que uma organização atinja seus objetivos, os profissionais devem trabalhar em harmonia, guiados pela cultura organizacional.

Construir e fortalecer essa cultura é como navegar em mares nem sempre conhecidos ou calmos, mas sempre com uma indicação de onde ir. Torna-se ainda mais desafiador quando consideramos os diferentes modelos de trabalho existentes – presencial, remoto e híbrido. Cada um desses formatos tem desafios específicos.

Independente do modelo de trabalho, uma cultura organizacional forte é a bússola que permite que a tripulação da empresa navegue na rota certa.

O que é cultura organizacional?

A cultura organizacional é um conceito que se refere ao sistema de valores e normas que dão diretrizes para o comportamento das pessoas dentro de uma organização. Como afirmado por Edgar H. Schein em seu livro “Organizational Culture and Leadership”, é o elo que mantém uma organização unida e dá aos membros uma sensação de identidade.

Na obra “Corporate Cultures: The Rites and Rituals of Corporate Life”, Deal e Kennedy (1982) argumentam que a cultura da empresa é “o jeito como as coisas são feitas por aqui”. Portanto, a cultura organizacional é mais do que apenas uma declaração de missão: é a soma de todas as ações, comportamentos e atitudes dentro da empresa.

O papel da cultura organizacional não pode ser subestimado. Ela impacta diretamente o modo como as pessoas se sentem sobre o seu local de trabalho, afeta a satisfação no trabalho, a produtividade e até a retenção de colaboradores. 

Também deve balizar as decisões dos gestores, inclusive a alta hierarquia. 

Desafios da cultura empresarial

Qualquer que seja o regime de trabalho, todas as empresas enfrentam desafios para implementar uma cultura organizacional que impacte-as positivamente. Neste tópico, vamos explorá-los.

Definição clara da missão, visão e valores: a ausência de uma missão, visão e valores claramente definidos pode levar a confusões e conflitos. Eles atuam como a bússola orientadora para os colaboradores e proporcionam um senso de direção e propósito.

Comunicação eficaz: a falta de comunicação eficaz pode resultar em mal-entendidos e barreiras à implementação da cultura. A comunicação clara e transparente é fundamental para garantir que todos os membros da organização entendam e adotem-na.

Liderança comprometida: líderes desempenham um papel crucial na formação da cultura organizacional. Lideranças que não estão comprometidas com a cultura podem prejudicar sua implementação e adoção.

Alinhamento entre discurso e prática: a cultura organizacional precisa estar refletida não apenas no discurso, mas também em ações concretas. Se há uma desconexão entre o que é dito e o que é feito, a cultura pode ser percebida como inautêntica.

Cultura da empresa em diferentes regimes de trabalho

Embora existam muitos pontos comuns para todas as empresas, os formatos de trabalho trazem especificidades na cultura organizacional, seja na identificação, implementação ou manutenção dela.

Remoto 

Há quem diga que a cultura organizacional tem bastante impacto negativo no formato remoto. É verdade que há desafios, mas também existem boas soluções. 

Comunicação efetiva

As nuances da comunicação não-verbal são perdidas, a interação espontânea é limitada e a coordenação pode ser mais complicada, é fato. A resposta a esse desafio é investir em boas ferramentas de comunicação e garantir um fluxo de informação claro e constante para implementar e manter a cultura organizacional. 

Conexão e engajamento

Manter os colaboradores conectados e engajados só é mais difícil no formato remoto quando a equipe está dispersa e não há um plano para promover o envolvimento. A organização de eventos virtuais, reuniões regulares de equipe e programas de reconhecimento podem ajudar a manter a conexão e o engajamento.  A colaboração entre os funcionários e equipes podem ajudar a manter a conexão e o engajamento.

Preservação da identidade e valores da empresa

No anywhere office (escritório em qualquer lugar, como cafés, hotéis, home office e outros), pode ser mais difícil transmitir e manter a cultura da empresa se o dia a dia é destinado apenas a cumprir tarefas. É importante reforçar regularmente a missão, visão e valores da empresa, e garantir que eles sejam refletidos em todas as decisões e práticas de negócios.

Integração de novos colaboradores

Incorporar novos integrantes da equipe à cultura da empresa pode ser um desafio quando todos estão trabalhando remotamente. A organização precisa desenvolver estratégias criativas para onboarding virtual para garantir que todos se sintam bem-vindos e se familiarizem com esta cultura empresarial.

Eventos presenciais pontuais


Mesmo que a equipe trabalhe remotamente, alguns encontros presenciais, para ocasiões especiais, como celebração por conquistas da empresa, lançamento de programas ou mesmo para que todos possam se conhecer, podem acontecer. Só é preciso tomar cuidado para não se tornar tão recorrente e tirar, assim, as características do trabalho remoto e transformá-lo em híbrido.

Híbrido


Alguns consideram o formato híbrido, em que parte da jornada de trabalho é remoto e outra presencial, o melhor deles. Para implementação e manutenção da cultura há alguns desafios específicos e soluções direcionadas para esse regime também.

Comunicação clara e para todos

Em um formato híbrido, manter uma comunicação equitativa (em que todos ficam por dentro) entre os colaboradores remotos e presenciais pode ser desafiador. A empresa deve garantir que todos os funcionários estejam igualmente informados e tenham as mesmas oportunidades de participar de discussões e decisões.

Coesão da equipe 

Manter a coesão da equipe e promover um senso de pertencimento pode ser difícil quando parte da equipe está remota e outra parte está no escritório. A criação de oportunidades para a interação presencial e virtual pode ajudar a manter a união da equipe. Assim como indicamos na comunicação, deve-se tomar o cuidado de incluir todos os membros. 

Cultura Inclusiva

Esse tópico é um reforço, de certa forma, dos dois anteriores. Em um formato híbrido, pode ser mais difícil garantir que todos os integrantes, independentemente de onde trabalham, se sintam valorizados e incluídos. A empresa deve fazer um esforço consciente para promover a inclusão e garantir que todos os colaboradores tenham as mesmas oportunidades.

Presencial

Apesar de ser o modelo de trabalho mais antigo, também há problemas para formação, manutenção e implementação da cultura empresarial neste formato. 

Comunicação Efetiva

Mesmo em um ambiente presencial, a comunicação pode ser um desafio. É necessário garantir que a informação seja disseminada de forma clara e que todos os integrantes estejam informados sobre os desenvolvimentos importantes.

Gerenciamento de Conflitos

Em um ambiente de trabalho presencial, a rotina traz ainda mais elementos que podem provocar conflito, já que a proximidade dos profissionais e compartilhamento dos espaços aumenta. A empresa precisa ter políticas claras e procedimentos de resolução de conflitos para garantir um ambiente de trabalho harmonioso, além de incentivar um clima organizacional bom. 

É possível construir cultura organizacional?

É possível, sim, construir a cultura de uma empresa em qualquer modelo de atuação, seja remoto, híbrido ou presencial. No entanto, é uma tarefa fácil que requer um entendimento claro dos valores e metas da organização, além da implementação consistente desses princípios em todos os aspectos da operação.

Examine a Missão, Visão e Valores: esses são os princípios fundamentais que guiam o comportamento e as decisões de uma organização. Eles podem fornecer uma visão clara da cultura da empresa. Devem ser muito mais do que definições teóricas. 

Avalie as Práticas de Recursos Humanos: As políticas e práticas de recursos humanos, como contratação, avaliação de desempenho e desenvolvimento de carreira, devem refletir a cultura da empresa.

Observe as Normas e Comportamentos: como os funcionários se comportam? Eles colaboram ou competem? Eles são incentivados a inovar ou aderir a procedimentos estabelecidos? Esses podem ser indicadores da cultura da empresa.

Analise a Comunicação Interna: a forma como a empresa se comunica com seus funcionários pode fornecer pistas sobre sua cultura. Isso inclui o tipo de linguagem usada, a frequência e os canais de comunicação.

Pergunte aos colaboradores: as pessoas são uma valiosa fonte de informação sobre a cultura da empresa. Eles podem fornecer informações sobre o ambiente de trabalho, a liderança e a forma como a empresa lida com questões como diversidade e inclusão.

Avalie a Liderança: o estilo de liderança e o comportamento dos líderes podem influenciar fortemente a cultura da empresa. Líderes que são acessíveis, transparentes e que demonstram os valores da empresa podem indicar uma cultura positiva.

Revisão de reputação on-line: sites de avaliação de empresas como Glassdoor podem oferecer insights sobre a cultura da empresa a partir das perspectivas dos funcionários atuais e antigos.

Pronto para identificar, construir e manter uma cultura organizacional forte? Siga as dicas e nos acompanhe no LinkedIn também para receber informações que fazem a diferença para gestores!


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas

Homem e mulher dando as mãos com computador, em ambiente corporativo para ilustrar texto sobre tecnologia no RH
Gestão de pessoas

Tecnologia no RH: como ela transforma o setor, as pessoas e impulsiona a performance nas empresas

22 de maio de 2024

Usar tecnologia no RH e unir às melhores abordagens da área tem grande potencial para reter talentos e reconhecer os colaboradores de acordo com o desempenho.   Já imaginou um mundo onde o RH é capaz de desenvolver pessoas e entregar melhores resultados para a empresa com tecnologia em cada etapa? Já está acontecendo! As empresas […]

Continuar lendo
Tríade do sucesso corporativo, pessoas conversando e trabalhando no escritório
Alta performance

Tríade do sucesso corporativo: engajamento, performance e conhecimento

15 de maio de 2024

Estudos isolados mostram que o engajamento, performance e conhecimento trazem grandes benefícios para empresas. Juntos, eles são ainda mais poderosos. Confira! Pense em uma empresa como uma árvore frutífera. Para prosperar e dar frutos saudáveis, a árvore precisa de três coisas essenciais: luz solar, água e nutrientes do solo. No contexto empresarial, esses elementos vitais […]

Continuar lendo
Programa de recompensas, homem olha para a tela para prêmio
Gestão de pessoas

Programa de recompensas para colaboradores: como implementar de forma eficaz para motivar e reter talentos

8 de maio de 2024

Conceder prêmios não é suficiente para ter resultados num programa de recompensas. Veja como entender seu público, aumentar a recorrência e outras ações traz muito mais benefícios.  A retenção de talentos é uma das principais preocupações para muitas empresas. No Brasil, essa preocupação se torna ainda mais evidente, pois o país lidera as taxas de […]

Continuar lendo

    Receba novidades

    x

    Utilizamos cookies e outras tecnologias para lhe oferecer uma experiência de navegação melhor, analisar o tráfego do site e personalizar o conteúdo, de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.