Uma plataforma de gestão de pessoas que tem nome, rosto e interação

1
Share

Uma plataforma de gestão de pessoas que tem nome, rosto e interação

Nos últimos anos, a AeC – uma das maiores empresas de Contact Center do Brasil – deu um salto de produtividade, tecnologia e inovação. Grande parte deste salto se explica com um nome: Robbyson.

Desenvolvido em parceria com a AeC, o Robbyson é uma ferramenta de inteligência de dados para a gestão de pessoas e negócios que utiliza a gamificação para engajar os colaboradores e os indicadores como forma de avaliar e atuar de forma rápida e assertiva nos principais gargalos de uma organização.

Desde que implementou o Robbyson em 99% de sua operação, a AeC vê – refletido no engajamento dos colaboradores – os resultados da plataforma. Redução em indicadores importantes, como TMA (Tempo médio de Atendimento), TMO (Tempo médio de ocupação) e ROI (retorno sobre o investimento) foram percebidas a validadas por números concretos.
Grandes operações importantes para a empresa tiveram melhoras tangíveis na produtividade com aumento de 69%; na retenção de talentos, no indicador de rechamadas – com melhora de 58% – nos indicadores da nota de qualidade, com melhora das avaliações positivas em 10%, entre outros.

O aporte no desenvolvimento da plataforma já chegou em R$ 15 milhões e o Robbyson já está chegando em outras empresas e setores: “Temos aqui uma plataforma inteligente, capaz de nos fornecer informações precisas e funcionar de acordo com cada mercado. Além disso é uma ferramenta dinâmica, que causa impacto onde chega e agrega os objetivos das companhias ao de cada colaborador gerando sinergia e resultados positivos”, comenta Cassio Azevedo, um dos investidores da plataforma.

Para o presidente da AeC, Alexandre Moreira, a chegada do Robbyson reflete o momento da empresa – de investimento em inovação e tecnologia, atrelado ao desenvolvimento humano – e elevou a AeC a um novo patamar de produtividade e engajamento: “Não vivemos mais sem o Robbyson. O modelo antigo de gestão já não existe mais. Estamos em uma nova era, onde trabalhamos com informações em tempo real e é necessário saber onde agir de forma rápida. Isso sem contar que temos hoje, de fato, um ambiente agregador que estimula o colaborador, impactando diretamente em nossa produtividade”, avalia.