Como a gamificação pode engajar a sua equipe

1
Share

Como a gamificação pode engajar a sua equipe

A gamificação aplicada ao ambiente corporativo tem se mostrado uma importante aliada no desafio constante de motivar diariamente milhões de funcionários e colaboradores de empresas em todo o planeta.

A gamificação consiste na aplicação de técnicas e estratégias do mundo dos jogos de entretenimento para solucionar problemas práticos do cotidiano empresarial. E isso já não é mais uma aposta: cases não faltam, resultados interessantes também não.

A gamificação deixa tudo mais leve

Uma estratégia que utiliza elementos da gamificação estimula comportamentos de cooperação que ajudam na construção de um conhecimento compartilhado e facilmente acessível que são fundamentais para a fluidez do fluxo de trabalho no dia a dia .

Além disso, a gamificação inspira individualmente cada participante por meio de narrativas envolventes e também de um eficiente sistema de mensuração e recompensas de acordo com os índices de sua performance.

Dados que geram resultados

Em um mundo em que tudo o que pode ser medido pode ser melhorado, analisar a performance de um colaborador com parâmetros e indicadores objetivos fornece os dados necessários para a realização de uma análise preditiva precisa, com foco na evolução inteligente dos processos e dos resultados.

Isso inclui a utilização de figuras como missões, pontos, distintivo (badges), fases, recompensas, entre outros recursos narrativos que podem ser utilizados para engajar pessoas motivando comportamentos que interessam aos objetivos da empresa.
Porém, sempre sem infantilizar.

Engajar, esse é o jogo

O ser humano já conta com uma predisposição psicológica para se engajar em jogos. Uma vez acesa a “luzinha” do desafio, o desempenho melhora e a inovação é estimulada em ambientes até então dominados pelo eventual tédio das tarefas repetitivas.

Assim, é como se uma narrativa diferente e estimulante sustentasse as mesmas atividades de sempre, dando um novo sentido para o trabalho diário.

Uma vez plenamente engajado, o profissional desenvolve uma série de competências fundamentais, como liderança, foco no resultado, espírito de equipe e improviso, que lhe permitem maior jogo de cintura para superar desafios rotineiros.

A gamificação encoraja comportamentos positivos e pode ser uma grande aliada para motivar, engajar e treinar pessoas para atingir objetivos específicos e, por quê não(?), surpreendentes.