7 desafios da gestão de pessoas e como resolvê-los

7 de fevereiro de 2024
Desafio da gestão de pessoas atuais, grupo de pessoas analisando soluções

Os desafios da gestão de pessoas não são apenas seus, são comuns à maioria dos líderes. Uma pesquisa mostrou quais são os mais comuns e nós vamos propor como lidar com eles. Acompanhe!

“100% dos clientes são pessoas, 100% dos funcionários são pessoas. Se você não entender as pessoas, não entenderá os negócios”. 

A frase de Simon Sinek mostra o impacto que as pessoas causam em sua empresa. Importante dizer que tudo que o colaborador faz reflete nas relações com seu cliente. E, antes de tudo, é fundamental que seu negócio respeite o ser humano por questões éticas e até mesmo óbvias. Concorda?

Para isso, é necessário superar os desafios da gestão de pessoas atuais. Uma boa forma de começar é entendendo quais são e que você não está sozinho, a maioria é comum a todos, como mostrou uma pesquisa da Great Place to Work (GPTW). 

Neste texto, além de descobrir quais são esses desafios, você verá como solucioná-los. 

Panorama da gestão de pessoas hoje

A gestão de pessoas evoluiu para uma abordagem mais centrada no indivíduo. Existe até um cargo chamado Chief of Happiness office, que mostra a importância do bem-estar e não só da alto performance.

A tecnologia também desempenha um papel crucial na área de Recursos Humanos (RH) e para os gestores. Sistemas de gerenciamento de desempenho, plataformas de aprendizagem e ferramentas de engajamento dos funcionários são utilizados para aprimorar a experiência dos colaboradores.

Os atuais desafios da gestão de pessoas têm total ligação com essas definições modernas. 

Desafios da gestão de pessoas e soluções

Os desafios que observamos na Robbyson são os mesmos apontados na pesquisa “Relatório de Tendências de Gestão de Pessoas 2023”, da Great Place to Work (GPTW). Assim, todos os dados foram extraídos desse material. 

1. Novos formatos de trabalho

O maior desafio da gestão de pessoas, segundo a pesquisa da GPTW, são os novos formatos de trabalho: híbrido e remoto. No entanto, os colaboradores estão preferindo essa modalidade, segundo o Índice de Confiança Robert Half” (ICRH), a maioria trocaria de trabalho para trabalhar em regimes mais flexíveis de trabalho.

É possível superar esse desafio da seguinte forma: 

  • Comunicação: é necessário adaptar a comunicação interna a estes novos regimes, usar materiais de referência para o trabalhador, pensar ações que incluam o trabalho remoto e adotar softwares para organização e comunicação.
  • Colaboração: construir um ambiente positivo, realizar atividades de integração, usar ferramentas de trabalho colaborativo e promover encontros síncronos são ações que fortalecem o senso de equipe nos regimes híbrido e remoto.
  • Engajamento: a comunicação clara e regular, reconhecimento e recompensas, além de oportunidades de desenvolvimento profissional são estratégias para engajar colaboradores em todos os formatos de trabalho, inclusive nos mais novos.
  • Cultura flexível: permitir que os colaboradores trabalhem de maneira mais eficiente ao considerar seus estilos de trabalho individuais é uma dica para o híbrido e remoto serem bem-sucedidos. Além disso, a flexibilidade pode melhorar a satisfação e a retenção de funcionários.

2. Comunicação Interna

Na vice-liderança dos desafios ficou a comunicação interna, independente do regime de trabalho. 35,4% dos entrevistados consideram-no um ponto de melhoria para a gestão de pessoas. 

Todas as dicas anteriores para uma boa comunicação continuam válidas para a parte interna. Junte a elas: 

  • Conheça seu público para conduzir ações e a comunicação como um todo. Essa atitude básica vai ajudar a ter uma conexão maior com os colaboradores. 
  • Seja transparente: ruídos são comuns nas corporações, principalmente se há alguma novidade ou problema. Trace uma estratégia para comunicar, sem que informações distorcidas tomem os corredores. 
  • Celebre conquistas coletivas e individuais: comemorar uma meta alcançada e marcos da empresa motiva os colaboradores, além de deixar a comunicação interna mais interessante. 

3. Saúde Mental

90% das melhores empresas para trabalhar adotam medidas para cuidar da saúde mental do trabalhador. Por outro lado, 49,7% dos entrevistados na pesquisa da GPTW não reservam orçamento para programas de bem-estar na empresa, embora considerem importante. 

Outros dados mostram a importância de dar atenção à saúde mental no trabalho. De acordo com a International Stress Management Association (Isma), o Brasil ocupa o segundo lugar em casos de Síndrome de Burnout. O país também lidera o ranking de ansiedade no planeta. Isso só para falar de dois problemas de saúde mental graves. 

As melhores empresas para trabalhar, segundo o GPTW, podem inspirar você a lidar com o desafio. Elas tentam promover a saúde mental da seguinte maneira: 

  • Palestras e rodas de conversa sobre o tema  
  • Treinamento das lideranças 
  • Terapia on-line como benefício 
  • Contratação de especialistas da área de Psicologia, por exemplo, para atender as pessoas da empresa 
  • Avaliação da saúde mental das pessoas colaboradoras 
  • Bloqueios de agendas corporativas (ex: sexta-feira sem reunião, bloquear o horário do almoço; pausa para café; orientações para proibir emendas de reuniões on-line)

4. Capacitação da liderança

Em quarto lugar no ranking de desafios da gestão de pessoas está a capacitação da liderança. Algo super importante, já que o líder influencia todos, é como se fosse um técnico, consegue ver o potencial e pontos de melhoria, motiva. Uma de suas missões é pensar em táticas para chegar ao melhor resultado. Ele também influencia bastante a saúde mental do colaborador. 

Como lidar com o desafio de capacitar líderes?

  • Treinamentos constantes: invista em programas de capacitação frequentes. Isso mantém os líderes atualizados e prontos para enfrentar novos desafios. Invista em metodologias atrativas para aumentar o engajamento. 
  • Desenvolvimento de habilidades comportamentais: fomente o desenvolvimento das soft skills como comunicação, empatia e negociação.
  • Acompanhamento e feedback: forneça informações constantes sobre o desempenho do líder, ajuda a identificar áreas de melhoria.

5. Contratação de profissionais qualificados

No top 5 de desafios dos gestores, está a contração. Já passou por um processo seletivo que ficou aberto por meses? Tem muita gente com você, mas há soluções. 

  • Treinamento interno: investir no desenvolvimento dos colaboradores atuais pode ser uma estratégia eficaz para preencher lacunas de habilidades. Dessa forma, ao abrir vagas específicas, quem já está com você pode se candidatar. É uma forma de motivar o colaborador e conseguir preencher posições em menos tempo, com maior eficácia. 
  • Parcerias com instituições educacionais como universidades e escolas técnicas podem ajudar a garantir uma fonte constante de talentos.
  • Desenvolver uma marca empregadora também é um dos pontos que atraem candidatos qualificados. O trabalho inclui oferecer benefícios atraentes, um ambiente de trabalho positivo e mostrar ao mercado como é trabalhar em sua empresa.

6. Manutenção e disseminação da cultura organizacional


A cultura organizacional é o DNA de uma empresa. Trata-se do conjunto de valores, crenças e comportamentos que moldam como tudo é feito na organização. No entanto, manter e disseminar essa cultura é um desafio por diversas razões. A expansão da empresa, diversidade de colaboradores e coerência são alguns motivos.

Para superar esses desafios:

  • Defina a cultura e os valores: certifique-se de que todos na empresa entendam-nos. 
  • Comunique-se: pode ser através de atualizações de e-mail, reuniões virtuais, boletins informativos e outros.
  • Transforme a teoria na prática: todas as decisões devem considerar, além dos resultados, a cultura da empresa. Assim, das atitudes às campanhas de marketing, tudo a reforçará.

7. Rotatividade de pessoal (Turnover)

A rotatividade é o sétimo maior desafio na gestão de pessoal. Existem várias razões para isso.

Uma alta taxa de turnover tem o potencial de impactar negativamente a moral da equipe, o que, por sua vez, resulta em uma diminuição da produtividade. A falta de continuidade é mais uma consequência da rotatividade frequente de pessoal. Projetos podem ser interrompidos e a continuidade do trabalho pode ser dificultada.

Estratégias para superar o turnover:

  • Retenção de talentos: incentivos, como promoções e bônus podem ajudar a ter os melhores profissionais do seu lado por bastante tempo.
  • Cultura empresarial forte: pode aumentar a satisfação dos funcionários e, consequentemente, reduzir o turnover.
  • Oportunidades de desenvolvimento e crescimento na carreira incentiva os funcionários a permanecer na empresa.

Aliada para superar os desafios da gestão 

Pronto para superar os desafios da gestão de pessoas? Veja como nossa plataforma, a Robbyson, pode ser uma aliada. Conheça: https://www.robbyson.com/solucoes/ 


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas

Homem e mulher dando as mãos com computador, em ambiente corporativo para ilustrar texto sobre tecnologia no RH
Gestão de pessoas

Tecnologia no RH: como ela transforma o setor, as pessoas e impulsiona a performance nas empresas

22 de maio de 2024

Usar tecnologia no RH e unir às melhores abordagens da área tem grande potencial para reter talentos e reconhecer os colaboradores de acordo com o desempenho.   Já imaginou um mundo onde o RH é capaz de desenvolver pessoas e entregar melhores resultados para a empresa com tecnologia em cada etapa? Já está acontecendo! As empresas […]

Continuar lendo
Tríade do sucesso corporativo, pessoas conversando e trabalhando no escritório
Alta performance

Tríade do sucesso corporativo: engajamento, performance e conhecimento

15 de maio de 2024

Estudos isolados mostram que o engajamento, performance e conhecimento trazem grandes benefícios para empresas. Juntos, eles são ainda mais poderosos. Confira! Pense em uma empresa como uma árvore frutífera. Para prosperar e dar frutos saudáveis, a árvore precisa de três coisas essenciais: luz solar, água e nutrientes do solo. No contexto empresarial, esses elementos vitais […]

Continuar lendo
Programa de recompensas, homem olha para a tela para prêmio
Gestão de pessoas

Programa de recompensas para colaboradores: como implementar de forma eficaz para motivar e reter talentos

8 de maio de 2024

Conceder prêmios não é suficiente para ter resultados num programa de recompensas. Veja como entender seu público, aumentar a recorrência e outras ações traz muito mais benefícios.  A retenção de talentos é uma das principais preocupações para muitas empresas. No Brasil, essa preocupação se torna ainda mais evidente, pois o país lidera as taxas de […]

Continuar lendo

    Receba novidades

    x

    Utilizamos cookies e outras tecnologias para lhe oferecer uma experiência de navegação melhor, analisar o tráfego do site e personalizar o conteúdo, de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.